• Tatiana Carvalho

Tricologista aponta 10 cuidados essenciais com os cabelos no verão

Tricologista dá dicas para quem quer manter os cabelos bonitos e saudáveis no verão sem perder o que a estação mais quente do ano oferece

Dr. Ademir C. Leite Jr. | Divulgação

Praia, piscina e muito sol. O combo mais desejado das férias de verão no Brasil também está nos trends de danos aos cabelos. Mas como não há hipótese de deixar de aproveitar (e muito) o que a estação mais quente do ano pode oferecer pedimos ao médico e tricologista Ademir Leite Junior que apontasse os principais cuidados com os cabelos no verão. Conseguimos dez dicas do renomado especialista, então aproveite!


1. Evite abusar de máscaras capilares diariamente quando estiver na praia ou piscina

Pode parecer controverso, mas Dr Ademir explica que o efeito das máscaras capilares em exposição ao sol, água de piscina ou do mar não é protetor. Ao contrário, podem facilitar os danos causados pela água do mar e piscina deixando os fios mais fracos e susceptíveis às quebras. As máscaras capilares são indicadas para outro momento e finalidade, na reabilitação dos cabelos pós praia e/ou piscina.


2. Faça hidratações regulares

Apesar da maior umidade relativa do ar, da exposição à água do mar e da piscina, os cabelos no verão tendem a ressecar. Hidratá-lo 1 a 2 vezes por semana é uma boa pedida para melhorar a qualidade e saúde dos fios.


3. Evite abusar de químicas nesta época do ano

No verão as agressões aos cabelos são maiores (vento, sol, água do mar, água de piscina). Estes fatores, por si só já deixam os cabelos mais frágeis. Então o tricologista alerta que abusar de químicas nesta época poderá colocar em risco a qualidade dos fios de cabelos. Se programar para realizar esses procedimentos capilares dias ou semanas antes da viajem é mais seguro.


4. Enxague bem os seus cabelos após sair do mar e da piscina

Se não tiver fácil acesso aqueles chuveirões no local reserve uma garrafinha com água potável ou mineral para enxaguar os fios. Este cuidado evita os danos aos cabelos causados pela salinidade do mar e por elementos uados para o tratamento da água da piscina. Vale a pena, inclusive, banhar os cabelos em água limpa antes mesmo do mergulho, isso evita o “choque” do primeiro contato dos fios com agentes danosos, diminuindo o processo de abertura das cutículas.


5. Proteja seus cabelos das radiações solares

Estas radiações agridem de forma intensa nossos fios de cabelo deixando-os mais fracos, quebradiços e sem vida. Escolha bons produtos, preferencialmente loções e cremes sem enxágue que contenham fator de proteção para aplicar várias vezes ao dia, mais que uma camada por vez.


6. Use chapéus, bonés ou lenços para complementar a proteção

Opte por aqueles com fotoproteção (tecidos convencionais não processados adequadamente, normalmente, não apresentam esta capacidade). Atualmente no mercado as opções são muitas, então há certa facilidade em encontrar um para cada ocasião.


7. Evite manter os cabelos úmidos sempre amarrados ou presos

Cabelos úmidos ficam mais fragilizados e o hábito de prendê-los ou de amarrá-los poderá acarretar em danos à estrutura dos fios.


8. Mantenha os cabelos e o couro cabeludo sempre limpos e bem higienizados

Segundo Dr Ademir, mesmo para quem não estará no clima de férias, curtindo praia ou piscina, deve se atentar a necessidade de manter o couro cabeludo limpo evitando assim o risco de cultura de fungos e bactérias. No verão, o suor, o calor e a umidade podem facilitar problemas no couro cabeludo como inflamações, seborreia e caspa.


9. Use produtos indicados por profissionais competentes

A indústria cosmética evoluiu muito e oferece uma gama de produtos especialmente elaborados para cada estação do ano. Existem fórmulas que somam ativos eficazes contra os fotodanos e o atrito dos fios com superfícies ásperas, comum nessa época, com texturas mais leves e emolientes. Dr Ademir reforça que com muitos cabelereiros se especializando em tricologia e interessados na formulação dos produtos e sua ação nos cabelos, os clientes ganharam profissionais mais capacitados e acessíveis não só para tratamentos mais elaborados, mas os cuidados no dia-a-dia.


10. Mesmo as pessoas calvas precisam usar proteção

A pele do couro cabeludo é exatamente a mesma pele que recobre as demais áreas do corpo, então a necessidade de proteção solar é fundamental. Para quem tem cabelos ralos os cuidados são os mesmos e Dr Ademir indica que o reforço com lenços, chapéus e bonés são bem-vindos. O tricologista alerta sobre perigos maiores que prejudicar os fios, pesquisas provam que a exposição solar acelera a queda capilar de quem está sofrendo com a calvície, fazendo aumentar ainda mais a progressão do problema e ainda há riscos de desenvolvimento de câncer de pele.


Com mais de duas décadas atuando como tricologista, Dr Ademir Junior explica que cabelos claros são mais suscetíveis ao fotodano, quando comparados com os cabelos de tons castanhos e pretos, cerca da metade do tempo de exposição ao sol é capaz de interferir severamente na estética e qualidade dos fios claros. Ou seja, na contagem em dias de férias, apenas uma semana com dias muito ensolarados prejudicam bem mais os fios menos pigmentados.


Dr Ademir passa uma mensagem importante para finalizar “O estresse promove a liberação de substâncias e hormônios em nosso corpo que, por si só, são capazes de deixar nossa pele e cabelos com sinais de fragilidade e falta de saúde. Relaxe, pratique exercícios físicos, conviva com pessoas que gosta. Estes hábitos deliciosos também contribuem para cabelos mais bonitos”.