• redacaotrendtimes

Refugiados venezuelanos se formam no Curso de Língua Portuguesa oferecido por ONG


Primeira turma de refugiados e migrantes venezuelanos certificados no Curso de Língua Portuguesa (Foto: Cattleya Lopes / Visão Mundial)


Uma tarde de celebração e gratidão. Foi esse o clima que envolveu a primeira turma de refugiados e migrantes venezuelanos certificados no Curso de Língua Portuguesa oferecido pela ONG Visão Mundial em Boa Vista, através do projeto Ven, Tú Puedes! – Empregabilidade e Empreendedorismo para Refugiados e Migrantes Venezuelanos.


A cerimônia de formatura aconteceu no Senac Roraima e contou com a presença dos importantes parceiros da Visão Mundial nessa ação: a ONG Fraternidade sem Fronteiras, Refúgio 343 e Abrigo São Vicente.


Durante quatro semanas, uma turma de migrantes venezuelanos que vivem no Abrigo São Vicente e estão em processo de interiorização participaram das aulas online de português, e 14 deles, concluíram a formação. A venezuelana Rosanny Bolivar foi a oradora da turma e uma das mais animadas na cerimônia de formatura. “A oportunidade de ter concluído o Curso de Língua Portuguesa e receber a certificação nos enche de orgulho, pois é uma etapa muito importante para o nosso desempenho aqui no Brasil, e continuaremos a praticar como cidadãos desse país”, relatou Rosanny.


Devido ao contexto da pandemia de COVID-19, o curso foi ministrado online por professores do Senac com o apoio integral dos mobilizadores da Visão Mundial. Os equipamentos tecnológicos foram fornecidos pela organização (tablets e fones de ouvido), além de materiais didáticos (estojo, caneta, lápis, borracha, caderno e apostila). Os protocolos sanitários foram seguidos rigorosamente, os alunos usaram máscaras, álcool em gel e obedeceram ao distanciamento físico exigido pelas normas de prevenção ao Coronavírus.


“Quando começou a pandemia nós pensamos muito em como readaptar esse projeto das aulas, era desafiador, então recebemos a proposta da Visão Mundial junto com o Senac e hoje estamos aqui, celebrando esse momento tão importante em que formamos nossa primeira turma, é uma felicidade enorme”, contou Vinícius Fernandes, coordenador de interiorizações do Refúgio 343.


A diretora regional do Sesc e Senac, Lisiane Carnetti, participou da cerimônia e falou emocionada sobre a importância do Curso de Língua Portuguesa, que está sendo oferecido pelo projeto Ven, Tú Puedes para a população migrante venezuelana.


“Esse é um momento muito significativo para todos nós – instituições, professores e alunos – porque é possível acreditar num mundo melhor através da Educação, a chave para mudar uma sociedade. Esse curso é ímpar para fazer os migrantes venezuelanos se adaptarem ao Brasil e encontrarem um emprego, pois um dos maiores empecilhos é a dificuldade com o idioma. Essa é a história viva de uma grande superação de um povo que saiu do seu país de origem e está mostrando que é possível recomeçar. Agradeço à Visão Mundial e todos os parceiros, que formaram um grande time com o Senac para oportunizar essa formação”, disse Lisiane.


Ven, Tú Puedes! – Empregabilidade e Empreendedorismo para Refugiados e Migrantes Venezuelanos é uma iniciativa pioneira da Visão Mundial Brasil na resposta à crise migratória da Venezuela. O projeto tem apoio do Bureau of Population, Refugees, and Migration (State PRM) do governo dos Estados Unidos, com o objetivo de fornecer assistência à subsistência e aumentar a renda familiar de venezuelanos entre 18 e 35 anos que vivem em Boa Vista (RR), Manaus (AM) e São Paulo (SP).


Para Daniel Pereira, coordenador do projeto Ven, Tú Puedes, “foi uma honra participar dessa cerimônia de formatura. Os refugiados e migrantes venezuelanos são o motivo e a razão de estarmos aqui realizando essas ações. Espero que o que eles aprendem no Curso de Língua Portuguesa os ajude num novo futuro aqui no Brasil. Que esse país seja, de fato, uma terra de oportunidades, que acolha essa população e seus filhos e lhes dê uma vida de paz”.


Novas turmas de Língua Portuguesa estão sendo formadas, além de outros cursos oferecidos, como Logística e orientações para o mercado de trabalho, que também fazem parte do trilho de capacitações do projeto Ven, Tú Puedes.



Curso online teve duração de quatro semanas e foi concluído por 14 migrantes venezuelanos que vivem no Abrigo São Vicente(Foto: Cattleya Lopes / Visão Mundial)

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco