• Tatiana Carvalho

Movimento nos shoppings caiu 32% e tempo de compra ficou reduzido com a pandemia, diz ALSHOP


Imagem: Unsplash

Segundo um levantamento da ALSHOP (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping), as visitas mensais aos shoppings centers no país caíram de 502 milhões em 2019, para 341 milhões no ano passado. O dado abrange todo o país no período de janeiro a dezembro, e o tempo de permanência dentro dos centros de compras também foi reduzido, de 1h30 em 2019 para uma média de 20 a 30 minutos ao longo de 2020.


Essa queda no movimento dos shoppings é resultado da pandemia de COVID 19, das restrições que o setor vem enfrentando diante do cenário, aumento do desemprego e da mudança de comportamento dos consumidores.


O censo da Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers), mostra uma recuperação gradual e contínua dos shoppings que passaram meses fechados e chegaram a perdas de quase 90% em abril de 2020.


“Os consumidores estão se sentindo mais seguros e voltando aos poucos ao shopping, mas a recuperação do setor deve ser gradativa e pode levar até um ano e meio para recuperarmos o patamar de 2019.”, avalia Luis Augusto Ildefonso, diretor institucional da ALSHOP.

Para a entidade, momentos como o Dia Internacional da Mulher, Dia das Mães e dos Namorados, considerando o primeiro semestre do ano, podem ajudar na recuperação das vendas nas lojas de shoppings.

Receba nossas atualizações

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco