• Tatiana Carvalho

Liv Up lança marca de delivery de pizza saudável em São Paulo

Para provar ao paulistano que comer bem não precisa ser chato, a startup anuncia submarca Brotto, uma pizza 100% natural e com ingredientes orgânicos


Pizza tomate confit e rúcula. Créditos: Divulgação Brotto/ Liv Up

De acordo com levantamento feito pela associação de pizzarias unidas de São Paulo, a cidade é o segundo maior mercado consumidor de pizza do mundo, ficando atrás apenas de Nova Iorque, e responsável por um consumo de mais da metade das pizzas produzidas por dia no Brasil. Anualmente, chegam a ser movimentados cerca de R﹩22 bilhões no país com a venda deste produto.


Foi com base nessa cultura e paixão do paulistano, transformada em dados e insights coletados pela foodtech Liv Up junto a seus consumidores, que nasceu a Brotto, a submarca especializada em delivery de pizzas saudáveis da Liv Up, lançada nesta semana na cidade de São Paulo.


"As pizzas vão aliar muito sabor e saudabilidade para caber na rotina do paulistano. É a receita perfeita para quem quer comer bem sem perder o prazer em comer." afirma a business owner de cloud kitchen da Liv Up, Tatiana Lanna, quem liderou toda a implementação do projeto.

A Brotto, é uma pizza individual, com cerca de 25cm de diâmetro, feita com fermentação lenta, ingredientes orgânicos, e livres de aditivos artificiais. Com receitas balanceadas e saborosas desenvolvidas em conjunto com nutricionistas e chefs, as pizzas são feitas na hora de maneira artesanal. Cada disco passa por mais de 48h de fermentação, processo que auxilia na digestão e diminui a sensibilidade ao glúten, os ingredientes do recheio são orgânicos provenientes das 25 famílias de agricultores parceiros e alguns produtores pioneiros e artesanais que garantem a garantia de origem e produção dos ingredientes que tornam a pizza 100% natural.


A Liv Up, startup de alimentação saudável conhecida por suas refeições congeladas, desde março de 2020 tem operado com lojas de cloud kitchen em São Paulo sob o comando de Tatiana. Inaugurada com uma submarca especializada em delivery de saladas (Liv Up Salad Stories) a unidade de negócios faz parte da expansão da empresa para outros momentos de consumo: "O serviço de delivery, até então visto como um serviço complementar para os restaurantes, já vinha ganhando força no mercado e, com o contexto de pandemia, foi extremamente acelerado. Por meio da nossa área de tecnologia e análise de dados, identificamos uma carência por opções saudáveis e entendemos que era o momento certo de investir nesse consumo imediato para diversificar a operação e poder escalar", conta Tatiana. Em menos de um ano a operação lança agora sua segunda cozinha e, segundo a executiva, deve expandir entre regiões e também com novas ofertas gastronômicas para o próximo ano.


Ingredientes exclusivos


Os recheios das pizzas são provenientes de fornecedores desenvolvidos em parceria pelos times de nutricionistas e chefs. Alguns provenientes das 25 famílias de agricultores parceiros da Liv Up, outros artesanais e pioneiros em seus setores, e até um linguiça sem aditivos produzida exclusivamente com com temperos combinados entre páprica picante, pimenta calabresa, salsa fresca, sal e erva doce em grão.


Tudo isso para garantir a origem natural e sem aditivos das dez diferentes opções que vão desde os sofisticados presunto cru e burrata, e queijo de cabra e alho negro, até as clássicas muçarela com orégano ou quatro queijos. "É uma pizza individual muito bem servida. Além do tamanho ideal, conta com ingredientes naturais e um sabor único para quem ama pizza, mas quer manter a alimentação saudável e equilibrada. Assim qualquer dia pode ser dia de pizza" complementa Tatiana.


Cloud kitchen: Um co-working para submarcas próprias


Como a marca tem um formato de operação totalmente proprietário, desde um app e site próprios até toda a manutenção e cuidados com a cadeia de produtores e agricultores familiares, a ideia é seguir este formato nas cozinhas também. Então, o modelo de cloud kitchen, que é conhecido quase como um co-working de restaurantes, nesse caso, vai ser compartilhado por submarcas próprias da empresa, especializadas em gastronomias diferentes e para atender momentos de consumo diferentes. "Estamos trabalhando forte com base em leitura e interpretação dos dados que recebemos dos nossos clientes para entender as demandas e atender às necessidade do consumidor. O momento do delivery mudou com a pandemia e exige-se muito mais da experiência, que precisa ser mais próxima a de um restaurante. Então cada detalhe, da embalagem ao recebimento está sendo pensado para surpreender", finaliza Tatiana.