• redacaotrendtimes

Ibovespa bate 110 mil pontos pela 1ª vez desde fevereiro

Índice havia perdido marca na quarta-feira de cinzas, data que marcou o início dos impactos da pandemia no mercado financeiro brasileiro


Bolsa | Créditos: Germano Lüders/Exame

O Ibovespa bateu os 110.000 pontos nesta quinta-feira, 25. A marca havia sido perdida na quarta-feira de cinzas, dia que marcou o início dos impactos da pandemia no mercado financeiro brasileiro.


A pontuação simbólica foi atingida minutos após a divulgação dos dados econômicos dos Estados Unidos, quando bateu 0,20% de alta. Logo após, contudo, o Ibovespa voltou ao terreno negativo, com os investidores digerindo os resultados da maior economia do mundo.


Divulgados ainda pela manhã, os dados americanos saíram mistos. Os pedidos de bens duráveis tiveram alta mensal de 1,5% e ficaram acima das expectativas de 0,9% de expansão. Porém, os pedidos de seguro desemprego e o PIB do terceiro trimestre decepcionaram. Com as novas medidas de isolamento no país, os pedidos de seguro desemprego voltaram a subir pela segunda semana consecutiva, enquanto o mercado esperava por queda. Já o PIB americano sofreu sua primeira revisão, passando de 33,2% de crescimento para 33,1%.


Apesar de as bolsas de valores passarem por realizações de lucros depois do recente rali ter levado o Ibovespa para a máxima desde fevereiro e o S&P 500 e o Dow Jones, nos Estados Unidos, a patamares recordes, o mercado de câmbio ainda guarda certas doses de otimismo. No mundo, o dólar apresenta leve queda contra seus pares e recua contra algumas moedas emergentes, como a lira turca, o rublo russo e o real. Por aqui, o dólar se aproxima da mínima do mês de 5,33 reais.


Na bolsa, as ações dos grandes bancos e da Petrobras recuam após apresentarem fortes altas nas últimas sessões e pressionam negativamente o Ibovespa. Por outro lado, os papéis de varejistas digitais se recuperam depois de serem preteridos durante a rotação de posições motivada por avanços nas vacinas.

_______________________________________________________________________________


Por Guilherme Guilherme para a EXAME

Leia Mais em: https://exame.com/invest/ibovespa-futuro-abre-em-queda-antes-de-dados-americanos/