• Giovanna Leopoldi

Hamilton assume responsabilidade por punição na Itália: "Não era para ser"


Lewis Hamilton no GP da Itália. Britânico foi punido com 10 segundos por ter entrado nos boxes quando não era permitido e despencou nas posições

Imagem: Clive Mason - Formula 1/Formula 1 via Getty Images


Do UOL


Lewis Hamilton liderava com tranquilidade, mas viu uma punição pouco antes da metade do GP da Itália acabar com as suas boas chances de vitória neste domingo.


Após a corrida, o hexacampeão mundial da Fórmula 1 assumiu a responsabilidade pela penalidade — ele precisou cumprir 10 segundos de stop and go por ter entrado nos boxes quando o pit lane já estava fechado. Com a reviravolta, Hamilton foi o sétimo e Pierre Gasly ficou com a vitória em Monza.


"Muitos parabéns ao Pierre, é um resultado fantástico para ele e vê-lo se recuperar e crescer. Não era para ser para mim hoje, mas o que não te mata te torna mais forte. Não fizemos um bom trabalho com o pit stop e me responsabilizo por não ter visto as sinalizações", disse o piloto à Sky Sports. Ele ainda destacou a reação depois de ter caído para a última colocação no grid.


"Estou muito feliz por somar pontos após estar a mais de 20 segundos de distância do último pelotão", acrescentou.


O resultado em Monza foi o pior de Hamilton desde o nono lugar na Alemanha, no ano passado. O inglês lidera a atual temporada com 164 pontos — 47 a mais que o companheiro Valtteri Bottas, segundo colocado.


A Fórmula 1 volta no próximo fim de semana, com o GP da Toscana, na Itália.


Leia mais em https://www.uol.com.br/esporte/f1/ultimas-noticias/2020/09/06/hamilton-assume-responsabilidade-por-punicao-na-italia-nao-era-para-ser.htm