• redacaotrendtimes

Datafolha: Covas sobe a 32%, Boulos marca 16%, e Russomanno mantém curva descendente, agora com 14%

Veja resultado de pesquisa para Prefeitura de SP que candidato apoiado por Bolsonaro tentou censurar


Urnas para eleições municipais são preparadas para transporte. Créditos: FolhaPress

Na última semana antes da eleição municipal, o prefeito Bruno Covas (PSDB) segue em alta na disputa em São Paulo.


Pela primeira vez, surge numericamente em segundo lugar Guilherme Boulos (PSOL), embora ele se mantenha em empate técnico com Celso Russomanno (Republicanos) e Márcio França (PSB).


Os dados são de pesquisa do Datafolha na capital paulista, que ouviu 1.512 eleitores nos dias 9 e 10. O levantamento, contratado pela Rede Globo e pela Folha, tem margem de erro de três pontos para mais ou menos.


A divulgação do levantamento chegou a ser censurada, a pedido da campanha de Russomanno, pelo juiz eleitoral Marco Antonio Martin Vargas.


Após mandado de segurança do Datafolha no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de SP, a publicação foi autorizada na noite desta quarta (11) pelo juiz Afonso Celso da Silva.


Pelos resultados da pesquisa, Covas manteve sua curva ascendente registrada na rodada anterior, nos dias 3 e 4. Subiu de 28% para 32% das intenções.


A segunda colocação está dividida entre Boulos, que oscilou de 14% para 16%, Russomanno (16% para 14%) e França (13% para 12%).

No dia da eleição, a Justiça Eleitoral só contabiliza os votos válidos, excluindo assim os brancos e nulos da contagem final.


Por esse critério, Covas está com 36% das intenções de voto, o que deverá animar os estrategistas tucanos.


Alguns indicadores podem sugerir a eventual migração de apoio e voto útil nesta reta final.


__________________________________________________________________________________


Por Folha de S. Paulo

Leia Mais: https://www1.folha.uol.com.br/poder/2020/11/datafolha-covas-sobe-a-32-boulos-marca-16-e-russomanno-mantem-curva-descendente-agora-com-14.shtml