• tatianacarvalho4

Administradora irá implementar filme plástico que elimina o Coronavírus em condomínios de SP

Aprovado em testes de pesquisadores da USP, o recurso elimina o vírus em até dois minutos e será aplicada em mais de 30 condomínios na cidade de São Paulo


Crédito de Imagem: Elia Pellegrini/ Unsplash

Acaba de ser aprovado mais um recurso que auxiliará no combate ao Coronavírus. Produzido pela Promaflex com tecnologia antibacteriana e germicida, o plástico filme Promasafe, que tem o princípio ativo já utilizado na indústria alimentícia e têxtil, mostrou eficiência também na eliminação do vírus transmissor da Covid-19. A constatação foi feita por meio de testes da QuasarBio, uma spin-off do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP).


Fabricado com nanotecnologia, o recurso conta com micropartículas que, em contato com o SARS COV2 (vírus que causa a Covid19) são capazes de romper sua barreira de proteção eliminando-os em até dois minutos.


Visando a alta eficiência de prevenção, a empresa de síndico profissional Smartcondo será uma das primeiras empresas do segmento a adotar o recurso. Por meio de uma parceria com a marca Promaflex, a startup aplicará a solução em cerca de 30 condomínios na cidade de São Paulo, somando, em média, mais de 1.000 m2 de áreas protegidas. Com custo médio de menos de R$500 por prédio e durabilidade de até 90 dias, os plásticos serão colocados em superfícies de alto contato, como corrimãos, elevadores e maçanetas.


“Atualmente, cerca de 7 mil pessoas são impactadas por nossa gestão, entre condôminos e colaboradores. Vimos nesta tecnologia brasileira mais um recurso para aumentar a segurança de nossos prédios de forma eficaz e com baixíssimo custo para os moradores”, explica Mariana Brandão, CEO da Smartcondo.